quinta-feira, 16 de julho de 2015

5 livros com 5 homens completamente apaixonados



Oiiii gente, como vocês estão?? Espero que todos estejam bem, desde já quero muito agradecer a todas as pessoas que separa um minutinho para dá pelo menos uma passadinha aqui no blog, e com isso o blog cegou a 5000 visualizações, obrigadaaaa a todos vocês ^^



Muitos já perceberam que gosto muito de falar de livros aqui no blog, e hoje não seria muito diferente. Porém vou falar de algo que tem ganhado bastante espaço no meio da leitura, que são livros do gênero romance que são narrados por homens, algo que até certo tempo não era muito visto. Era muito comum ler um romance com uma narrativa feita por uma mulher, mostrando sempre que em um relacionamento quem mais se apaixonava era uma mulher.
Então para provar como as coisas mudaram, eu vou mostrar para vocês cincos livros que mostra que as coisas não são sempre de um jeito, e que os homens podem sim amar em um livro.

E foi exatamente por isso, que deixei esse livro em primeiro lugar...
                                                     
                                        1-    O colecionador (John Fowles)


Esse livro é um dos livros que não poderia deixar de jeito nenhum de está nessa lista, já que ele conta a história de Frederick, um funcionário público, com características conservadoras.  Um homem tímido, sem as mínimas experiências com mulheres, um dia se apaixona por uma. Esta, chamada Miranda, mora em frente ao local onde trabalha Frederick, isso faz com que ele possa ver a bela moça todos os dias, porém sem qualquer contato ou relacionamento com a mesma. Por ser totalmente diferente em todas as relações, Frederick nunca teve coragem de se aproximar dela e conserva esse sentimento somente para si, tornando Miranda seu amor platônico.
Mas tudo muda quando ele acaba por ganhar uma fortuna após apostas no futebol. As histórias que antes só estavam em sua imaginação, agora poderiam se tornar reais, ele poderia ter Miranda para si.
É a partir dai que a história começa a ficar realmente assustadora. Após a compra da casa e após verificar a existência de dois porões subterrâneos, Frederick, passa a criar um plano. Durante um mês inteiro ele trabalhou contra os ruídos, contratou pessoas especializadas para a decoração da casa, comprou todos os tipos de vestimentas femininas, mobiliou o porão ao qual seria o quarto de Miranda com vários livros sobre a arte. Tudo para impressiona-la.

Após a captura, Frederick se mostra amigável com a vítima e trata-a da melhor forma possível, tentando de todas as formas conquistarem-la. Porém isto se mostra impossível. Nos primeiros dias Miranda reage com repugnância, com várias tentativas de fuga. Em resposta, Frederick age com a autoridade e atenção a qualquer outra tentativa. Enquanto Frederick tem em seu poder a força e a autoridade, Miranda tenta usar de sua inteligência para futuras fugas. 
O romance é dividido em três capítulos, ao quais estão: Primeira parte, segunda parte e terceira parte. A maior parte da história se passa na primeira parte, onde todos os acontecimentos da história de ambos são contados por Frederick. Por este motivo, no primeiro capítulo, o leitor pode-se ver confuso aos sentimentos de Miranda em relação a Frederick.

O livro vale muito apena ler, já que mostra como seria a vida de uma pessoa que completamente apaixonada por outra. 

                                                  2-     O sorriso distante (Anita Brookner)


Em O sorriso distante, a história é narrada em primeira pessoa à história do amor de Alan Sherwood, um pacato advogado londrino. E quando eu digo história do amor, ao invés de história de amor, é porque o romance foi uma via de mão única. Sarah Miller, o objeto de sua afeição, nunca correspondeu ao seu sentimento. Frequentemente o herói usa o termo indiferente para descrever. Na tentativa de fugir da "constante inconstância" de Sarah, Alan se envolve com a doce e apática Angela, uma jovem tola e imatura, que apenas almeja a posição social que o casamento confere às mulheres.
Porém ele simplesmente não consegue tirar de jeito nenhum Sarah da sua cabeça, e começa a ter uma vida que foi toda criada, com a intenção de ter uma chance com a mulher que aos olhos dele, era a mulher da sua vida.
O livro mostra a vida de uma pessoa que não sabia viver por ela, e sim por outra pessoa.
                            


                                                                 3-     Fim de caso (Graham Greene)


Eu já comentei sobre esse livro aqui no blog, por ele ter sido uma das minhas leituras do mês de abril, e por ele ter sido tão barato fiquei meio em dúvida se ia gostar ou não.
Esse livro narra um tipo de amor diferente, conta a história do novelista Maurice Bendrix passeia despreocupado pelas ruas de Londres, quando, coincidentemente, depara-se com o marido de sua ex-amante, Henry Miles, e dali resolvem sentar-se num pequeno bar para conversar (a título de informação: Maurice e Sarah, esposa de Miles, tiveram um ardente caso, até que, sem nenhum motivo aparente, Sarah terminou tudo entre ambos).

Desse inesperado encontro, Maurice reacende a sua antiga obsessão por Sarah; que ganha proporções alarmantes principalmente quando Henry lhe conta sobre as suas suspeitas quanto à fidelidade de Sarah. Assim, nutrindo tanto o ódio quanto o amor pela ex-amante é que Bendrix dá início a uma investigação para desvendar a identidade do suposto novo “affair”, como também para entender os porquês do abrupto rompimento do romance.
O livro chega a ser um pouco confuso, mostra um pouco de Ódio, amor, ciúme, relações amorosas, casos extraconjugais (não necessariamente nessa ordem), tudo isso por conta que Maurice é completamente apaixonado por Sarah.


                4- O preço de uma lição (Gutti Mendonça 
                                                                   e Federico Devito)


Esse livro já faz muitoo tempo que li ele, e a história ainda continua bem fresquinha em minha cabeça. Ele é aquele típico livro para os meninos, que ama deixar sua marca em todos os postes da rua, (desculpe pela expressão) e que sempre pensa que nunca vai se apaixonar de verdade até isso acontecer.
O livro conta a estória de um Garoto (esse é o nome que dei ao narrador, enquanto aguardo ler o segundo livro) baixinho, leonino e no auge de sua juventude.
A principio o Garoto mora em São Paulo e pula de quase-namorada para quase-namorada, sempre com um ponto em comum entre elas bem engraçado. Ele é uma boa pessoa, altruísta, fiel e honesto, mas tem um sério problema em enxergar os sentimentos alheios. Até que conhece Juliana!
Juliana é cinco anos mais nova, mora em Mogi das Cruzes e tem todos os motivos para não dar bola para o Garoto. Ela o conheceu em um churrasco na casa da prima Selma, ele estava acompanhado e mesmo assim deu um jeitinho de pegar seu número.
Só que como o mundo gosta de dá voltas ( e grandes) acontece que eles dois termina e ele fica completamente sem reação, procurando uma forma de voltar para Juliana, à ideia dele a principio é escrever um livro mostrando o quanto ele ama ela, e com a ajuda dos seus amigos ele começa escrever um livro, demonstrando todo o seu amor.


                                      5-   O mundo brilhante(T.Greenwood)


Esse livro tem uma coisa diferente de todos os outros que mostrei em cima, por conta que esse também conta a história de um homem que era apaixonado por uma moça, porém ele tinha certas dúvidas.
O livro mostra Ben Bailey, um professor de História que leciona na Universidade em Flagstaff local onde reside. Vive tem cinco anos com sua noiva Sara que é enfermeira e o casamento que tanto planejam ainda não se realizou.
Ser professor não lhe dava uma renda razoável o que complementava trabalhando como barman no Jacks's no período da noite. Mudou para Flagstaff por que além de gostar de neve e do frio ficou encantado com a paisagem, com a maneira como as pessoas viviam e ele amava tudo que aquilo - era o seu mundo brilhante.
Exatamente um dia antes ele e Sara tinham se desentendido em uma festa de Halloween. Quando Ben sai de casa para pegar o jornal e apreciar a primeira neve do ano, ele encontra um jovem caído e testemunha os últimos instantes de sua vida. Ao conhecer a irmã do rapaz, Ben se convence de que ele foi vítima de um crime de ódio e se propõe a ajudá-la a provar que se tratou de um assassinato. Sem perceber, Ben inicia uma jornada que o leva a descobrir quem realmente é, e o que deseja da vida.
Ele começa a se apaixonar demais por a irmã do rapaz chamada Shadi, e chega a pensar que ela é tudo que Sara não é e pensa que realmente é ela quem ele ama só que tudo muda quando ele descobre que Sara está grávida. Então a dúvida começa a surgi já que ele acredita amar Shadi e está decidido a fazer tudo para que eles fiquem juntos.



Todos esses livros mostram pessoas diferentes, com a personalidade diferente, mas que tinha algo em comum, um homem completamente apaixonado e disposto a fazer tudo por ter esse amor.

Espero que vocês tenham gostado (mesmo que ficou grandinha a postagem), e se conhece algum livro também que o personagem é louco por uma mulher, não deixe de compartilhar nos comentários, vou gostar demais de saber.

Abraços!!!

2 comentários:

  1. Eu simplesmente amei o post, estava lendo várias sinopses para ver se achava livros assim, graças a você, encontrei o que estava procurando! :) ♥

    ResponderExcluir

Oiii... obrigada pela sua visita ^^
Espero que tenham gostado do blog :D
Caso encontrou algum erro ortográfico avise que vai ser corrigido.
Volte mais vezes *_*

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...