terça-feira, 8 de agosto de 2017

Saudade



Saudade veio sem se convidar, veio sem pedir licença
Fez chorar quando um sorriso meu, parecia tão seguro
Não conhece a diferença entre o rico e o pobre
Ela vem para qualquer um que saiba amar
Não é dor que se aprenda a lidar
Tem sempre a mesma força
O mesmo jeito de me machucar

Esconde-me em teus braços Deus do amor
Dono da alegria eterna, do sorriso, do abraço, dos encontros
Guarda-me eu quero amar sem mais medo de sofrer
Pertencer a um lugar onde a saudade não encontre o caminho
Me deixe em paz

Aprendi a amar o meu irmão
Me acostumei com a companhia
É assim, nossa vida é mais feliz se está perto que se ama
Mas o que ninguém ensina nem no livro nem na escola
É lidar com a dor de ver alguém partir
Eu peço a Deus alguma ajuda, me ensina, ele me diz
Meu filho eu também sofro, mas isso terá um fim

Esconde-me em teus braços Deus do amor
Dono da alegria eterna, do sorriso, do abraço, dos encontros
Guarda-me quero amar sem mais medo de sofrer
Pertencer a um lugar onde a saudade não encontre o caminho
Me deixe em paz


Pedro Valença                              




                              

Um comentário:

Oiii... obrigada pela sua visita ^^
Espero que tenham gostado do blog :D
Caso encontrou algum erro ortográfico avise que vai ser corrigido.
Volte mais vezes *_*

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...